23 julho 2014

Better Than Words - Capitulo 38 | Namoro Harry Styles




Naquele pedacinho do condominio Halfes, estava Styles em seu quarto tocando seu violão magnificamente branco, dado pelo pessoa mais linda do mundo: Jenny. Ela lia algo na cama com o abajur ligado e apenas se concentrava nas palavras de Nicholas Sparks. Ele soltou o violão observando aquele lindo corpo a amostra em cima de sua cama. O fato dela estar o deixando por um ano e meio fazia sua cabeça enlouquecer de tanto delírio.  Cada final de semana juntos, eles nem perdiam tempo de se aproveitarem o máximo possível. Era o último final de semana dela ali com ele, na segunda iria para Timberline Knows se recuperar por três meses, e depois para o orfanato em Manchester mesmo. 

Pude simplesmente observar ela correr os olhos até ao ponto de virar a página e erguer a sobrancelha ao me olhar. Cada traço dela, iria sentir muitas saudades mesmo. 


Ela: me observando senhor Styles - se levantou guardando o livro 

Eu: não posso ? - arrastei a cadeira de rodinhas até a ponta da cama - estava pensando nas Saudades 
Ela: eu mau fui embora e você já irá sentir saudades ? - passou as mãos sobre meus cachos 
Eu: Claro que vou, porque eu não sei quando você vai voltar mais - disse triste 
Ela: eu tenho colônias de férias, e de qualquer maneira eu vou ter que vir pra cá - ela sorriu - Não esqueça que eu te amo ...
Eu: saber disso dói mais ainda, porque você me ama, eu te amo e estamos sendo separados - me deitei junto a ela 
Ela: talvez seja ruim agora mas você se acostuma 
Eu: tem que me prometer que sempre vai vir da colônia de férias e ficar aqui em casa - implorei 
Ela: tá cachinhos


Sorri ao ouvir aquilo e fechei meus olhos apenas adormecendo ao seu lado. Mais a tarde fomos ao lago com nossos pais, talvez seja precipitado demais, era só que eu precisava fazer aquilo. Por mais que ela fique no orfanato ela poderia arranjar outro cara, e eu outra meninas. Só que se existisse um compromisso mais sério, talvez conseguíssemos cumprir ele até ela completar vinte anos de idade, e ser independente. 

Enquanto Gemma arrumava Jenny no seu quarto, coloquei uma mesa do lado de fora da casa, perto da casinha da árvore aonde ficávamos sempre quando crianças. Tinham velas e rosas, vinho e comida boa, iria faltar só a sua resposta. Então da porta dos fundos saiu ela com um vestido vermelho e cabelos presos e negros, que combinavam  com seu sorriso. Apenas peguei sua mão e jantamos tranquilamente. Mesmo sem música.

Depois de algumas horas subimos na casa da árvore e ficamos por lá,  relembrando tudo da infância. Havia chegado a hora da grande surpresa. Peguei meu paletó e coloquei atrás de suas costas, na mesma hora em que ela não prestava atenção em mim, retirei uma caixinha do bolso e ela abriu a boca em espanto.

Ela: meu Deus - falou em alto e em bom som
Eu: Jenny, aceita ser minha esposa ? - disse da maneira mais formal, só que sem ajoelhar, nem nada disso. Passaram-se alguns segundos e ela não respondeu. - Jenny, tá acordada ?
Ela: Claro que estou, eu estou sim - disse ainda incrédula 
Eu: Então responde, sim ou não ? - disse ainda sorrindo 
Ela: é que...
Eu: é o que ? - fechei a caixinha brutalmente 
- Harry ?! Vamos ? Amanhã Jenny sai cedo - minha mãe gritou lá de baixo 
Ela: Harry ...


Apenas sai pela escada meio desnorteado e entrei em casa. Me tranquei no banheiro e fiquei por lá horas e horas debaixo do chuveiro. Apenas desliguei porque estava relaxando demais. Deitei na cama sentindo aquele cheiro dela pairando o quarto inteiro, e fiquei pensando como ela podia não me dar uma resposta. Sim ou não ? Argh.

Acordei pela manhã já cansado. Meus olhos pesados de tanto chorar. Desci as escadas sem rumo e sentei na mesa. 

Eu: vou acordar Jenny tá ? - disse a minha mãe 
Mãe: na reabilitação ?
Eu: Hm ? - disse confuso 
Mãe: ela não está em cada Harry, ela já foi pra Timberline Knows faz duas horas 
Eu: E a senhora não me acordou ? Como assim ? - falei revoltado 
Mãe: ela não quis, te deixou até um bilhete ! - disse o pegando em cima da bancada 


" Bom dia cachos. Vamos lá,  daqui a cinco horas eu vou estar entrando em uma reabilitação sem celular ou qualquer meio de comunicação. Se é que você vai querer algum tipo de comunicação. Me perdoa, eu fiquei sem reação, e mesmo eu tendo a noite inteira pra pensar ainda não sei se é Sim ou Não. Então,  acho melhor terminarmos do que você esperar uma resposta minha. Acho que é isso, é será mãos fácil assim. Beijos, Jennyth."


Será ? Acabou tudo ? ... 



Oi. Como vocês estão ?
Eu não muito bem porque esse semana recebi uma notícia ruim. E é sobre o coração. Doença ? Graças ao grande Deus Não. Sobre amor mesmo :/

Então esse capitulo achei meio melancólico he' acho que por causa disso... mas espero que tenham gostado.

PS.: me contem aí nos comentários como passaram por cima do assunto "coração apaixonado" ? Bjs com banana

8 comentários:

  1. aaah meu deus me desculpe por eu nao ter comentado desculpas mesmo ei nao fica assim nao vc e forte nao pensa nisso nao ( quer desabafar pode fazer isso com nos confia na gente vai fala pra nos poder te ajudar se quezer e claro) amei ta fica tranquila com isso nos vamos amar de todas os jeito que vc fazer o imagine ta<3<3<3 BJSS #allStardoNini

    ResponderExcluir
  2. EU QUERO MATAR A JENNY! Se fosse eu dizia sim :v

    Ownt que fofo, Lisa apaixonada, que lindo (tá parei). Digamos que eu nunca fiquei louca de amor, mas paixonite já.. Eu nem sei o que falar, mas tenta não pensar nisso, vai que passa.. Slá

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sorte sua que nunca passou por isso viu

      Excluir
  3. Continuaaaaaa

    E sobre amor eu já sofri d+, e hoje prefiro não gostar mais de ninguém

    ResponderExcluir
  4. Um coraçao apaixonado, depende, muitas das vezes nao tem cura, olha eu passei por coisas mt ruins ano passado e voce tambem consegue, nao tem uma dica so tentr esquecer

    ResponderExcluir